Esportes

São Paulo encaminha acordo para tirar Everton do Flamengo

Atacante é o escolhido para reforçar o lado esquerdo do ataque tricolor. Multa é de 4 milhões de euros (R$ 17 milhões). Contrato previsto é de três anos

Everton é o alvo do São Paulo para reforçar o lado esquerdo do ataque. O clube já tem conversas avançadas com os representantes do atacante, que é um dos destaques do Flamengo neste início de temporada.

São Paulo e Everton caminham bem para um acerto. O Tricolor tem plano de um contrato de três anos e questões podem ser resolvidas muito em breve. A presença do camisa 22 é incerta na estreia do Brasileirão, neste sábado, diante do Vitória, em Salvador.

O tricolor paulista está disposto a desembolsar R$ 15 milhões pelo jogador. Desde montante, 50% seria para o Flamengo, os outros 50% para o representante do atleta, Carlos Leite. Ao clube, é possível que um jogador seja envolvido no negócio. Já o destinado ao empresário seria parcelado em até três anos. O São Paulo pretende acertar tudo até segunda-feira.

O camisa 22 tem contrato com o Flamengo até o fim de 2019 e multa rescisória de 4 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões). Contratado do Atlético-PR em 2014, Everton é um dos jogadores mais regulares da equipe desde então, mas seu salário está longe dos valores de nomes como Diego, Everton Ribeiro, Guerrero e Diego Alves.

A procura do São Paulo vai ao encontro de um desejo de valorização que o staff do jogador buscava desde o fim da última temporada. A opinião é de que o jogador tem desempenho e regularidade que não condizem ao reconhecimento em relação a outros jogadores do elenco.

O Flamengo ainda não foi procurado oficialmente pelo São Paulo, e o discurso internamente é de que “estão apurando o interesse”. Everton tem treinado normalmente.

Em 2018, o atacante canhoto entrou em campo 11 vezes até aqui e marcou três gols: contra Botafogo, River Plate-ARG e Fluminense. Everton, por sinal, chama a atenção por somar nove gols em clássicos. No total, são 265 jogos e 39 gols em duas passagens pelo clube, com dois títulos estaduais e o Brasileirão de 2009.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios