CIDADESDestaqueGeralLençóis PaulistaNotíciasPoliciaRegionalSaúde

Enfermeira da UPA/LENÇÓIS nega atendimento a idoso de 66 anos

Segundo Gleide Santos Soares, seu pai José Carlos passou por atendimento no sábado, com um corte na cabeça ocasionado por uma queda em sua residência, como a queda havia ocorrido um dia antes do primeiro atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) em Lençóis Paulista, o médico havia lhe informado que não seria possível suturar (dar pontos), apenas limpar o local, medicar o paciente e fazer um curativo, sendo sua filha orientada pelo médico a retornar com seu pai, no dia seguinte a unidade, no período da tarde, pois o remédio já teria feito o efeito desejado, e assim fosse substituído o curativo.

Ocorre que ao retornar na UPA neste domingo, no período da tarde, conforme orientado pelo médico, Gleide teve o atendimento negado. Segundo ela, a funcionária da recepção disse que o curativo não poderia ser substituído, na insistência de Gleide para o atendimento de seu pai, a recepcionista solicitou que Gleide e seu pai aguardassem a enfermeira chefe, que decidiria se o procedimento poderia ou não ser realizado.

Chegando a enfermeira chefe, a mesma de uma forma muito grossa e arrogante, segundo Gleide, ratificou o que a recepcionista já havia lhe dito na recepção, argumentando que curativos só são realizados das 7 às 10 da manhã, e que essa informação deveria ter sido passada pelo médico, dizendo ainda que as enfermeiras não estariam preparadas naquele horário para fazer a substituição do curativo. Nesse momento, José Carlos, explicou para a enfermeira que estava com muita dor no local do corte e com o ferimento sangrando, e mesmo assim, segundo Gleide, a enfermeira não tomou conhecimento e negou o atendimento, orientado pai e filha a procurarem o posto de saúde mais próximo a sua residência na segunda feira.

Gleide ainda informou a reportagem que irá buscar seus direitos, e que deverá fazer um boletim de ocorrência nesta segunda-feira, na delegacia de polícia em Lençóis Paulista.

A reportagem do portal GuiaLP tentou entrar em contato com os responsáveis pelo atendimento na UPA, porém não obteve retorno até o fechamento da matéria.

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar