CIDADESDestaqueEsportesGeralLençóis PaulistaNotíciasPolitica

O que fazer com o Bregão?

A prefeitura de Lençóis Paulista, vive um grande embate sobre o que será feito com o Estádio Municipal Archangelo Brega (Bregão).
Interditado desde o dia 7 de julho de 2017, a pedido do Ministério Público (MP), quando este foi questionado pelo vereador Leonardo Henrique de Oliveira, o Dudu do Basquete (PPS), que desde que assumiu o mandato de vereador vinha cobrando diversas explicações sobre questões relacionadas à Liga Lençoense de Futebol Amador (LLFA), detentora à época da concessão do estádio.
Dudu questionava as condições do convênio firmado com a LLFA junto à Prefeitura, valores pagos pelos serviços de arbitragem, destinação dos recursos provenientes da locação de espaços e publicidades no estádio, até o estado de conservação do próprio estádio, encaminhando esses questionamentos ao MP (Ministério Público), que solicitou vistorias por parte do Corpo de Bombeiro e que diante das irregularidades apontadas pelo laudo de vistoria, solicitou a prefeitura a interdição do estádio, e que desde então, vive o dilema do que pode ser feito no local.
Estima-se que o custo de uma eventual reforma e adequação do estádio ultrapasse R$ 2.500.000,00 (Dois milhões e quinhentos mil reais), valor este que seria gasto apenas para que o estádio venha a oferecer condições mínimas de segurança aos atletas e publico em geral.
LOCALIZAÇÃO
O Bregão está localizado na área central da cidade, não possui estacionamento, um enorme problema para quem freqüentava o estádio nos vários torneios que eram realizados no estádio, e que sempre causou transtornos e desconforto aos moradores visinhos e aos demais cidadãos que trafegavam no local em dias de jogos, problema esse que não seria resolvido com a reforma.
PATRIMONIO TOMBADO
Sendo um imóvel tombado pelo município, sendo patrimônio histórico, a prefeitura encontrará problemas para a sua reforma e adequação, pois segundo informações apuradas pelo jornal Atitude, pontos do estádio teriam que ser demolidos para depois serem reconstruídos, o que muitos afirmam ser proibido a demolição em caso de patrimônio tombado, devendo apenas ser restaurado, o que encarecia ainda mais a reforma. Diante desse fato, a prefeitura estuda a possibilidade de um projeto de Lei de ‘destombamento’, onde o estádio deixaria de ser patrimônio histórico, e que em caso de aprovação na câmara de vereadores, a reforma e adequação do estádio ficaria mais barata.
INVESTIMENTO
Os recursos para a reforma e adequação do estádio, é outro problema, à prefeitura não dispõe de caixa para isso. Uma alternativa sugerida foi de que se dividisse em 12, assim cada vereador, e com o custo estimado em R$ 2,5 milhões, daria aproximadamente R$ 200 mil reais para que cada vereador conseguisse junto aos deputados de sua base partidária através de emendas propositivas, porém, segundo informações dos próprios vereadores, o valor total teria que vir de uma única verba, o que impediria realizar esse rateio, o que vale ressaltar não seria fácil, os mesmos tentam há tempos conseguir recursos para uma UTI neonatal dessa mesma forma e até agora nada. Outra forma seria elaborar um projeto e encaminhar ao secretarias de esporte Estadual e Federal, o que também não seria nada fácil pelo tamanho do aporte.
FATO
A realidade é a seguinte, os trabalhos que eram realizados no Bregão, pela LLFA, foram transferidos para outros campos do município, sejam as escolinhas de futebol ou os jogos amadores.
Para piorar, além do Bregão que está paralisado, o municio possui outros espaços esportivos necessitando de reformas ou inacabados como, por exemplo, o Ginásio da Cruzeiro, em frente a ADEFILP, todos aguardando recursos.
AUDIÊNCIA PUBLICA
Será realizada no dia 19 de março, no plenário da Câmara Municipal de Lençóis Paulista, uma audiência pública, para se discutir o destino do Estádio Archangelo Brega (Bregão).
Por fim, o que se espera é que nossos políticos deixem as paixões e picuinhas de lado, e pensem no que é melhor para a cidade, e quais são as prioridades almejadas pelos cidadãos. Ah! E que não se esqueçam, ano que vem tem eleição. Abraços.
Marcos Xavier

ENGAJOU

Uma enquete formulada pelo empresário e jornalista Marcos Xavier na rede social Facebook, questionando se a prefeitura deveria investir R$ 2,5 milhões na Saúde ou na preservação de um ‘patrimônio histórico’ do município, teve grande engajamento popular e opiniões.
A imensa maioria dos participantes da enquete, acreditam que a prefeitura deveria investir na Saúde e não na reforma do Estádio Archangelo Brega, o Bregão.
Até às 17:00 de sexta-feira, 15, apenas 57 pessoas votaram pela reforma do Bregão, contra a imensa maioria de 1.272 votos que acreditam que um recurso dessa magnitude, deveria ser utilizado em outras demandas mais carentes do município.
Xavier afirma que a enquete não traz nenhuma metodologia cientifica, ou critérios variáveis para avaliar especificamente quem são os participantes, e tudo mais, mas sim, uma número simples e claro, como ele próprio diz na enquete, ‘sem mimimi’, de qual a posição dos cidadãos sobre como eventualmente a Prefeitura de Lençóis Paulista deveria utilizar um recurso desse aporte, caso a verba existisse de fato.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar