CIDADESDestaqueEducaçãoEventosGeralJornal AtitudeLençóis PaulistaNotíciasPolitica

Por uma Educação Inclusiva, Governo Municipal formaliza parceria com a UNESP, na área de Educação Especial

Professores e gestores da Rede Municipal de Ensino participaram nesta semana de palestra com a fonoaudióloga, especialista em Linguagem pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia e doutora em Educação, Grace Cristina Ferreira Donati.

A palestra realizada no dia 2 de abril (Dia Mundial de Conscientização do Autismo), é uma das ações do Governo Municipal, por meio da Secretaria de Educação, visando a reorganização do trabalho mediante o aumento da demanda de alunos da Educação Especial e da complexidade e singularidade dos casos existentes na rede regular.

O Projeto Lençóis Paulista: “Construindo escolas com práticas, políticas e culturas mais inclusivas”, será desenvolvido em três frentes neste ano: formação para as professoras de Educação Especial, palestras para professores de classe comum e demais membros da equipe escolar e assessoria colaborativa à Secretaria Municipal de Educação. As ações são supervisionadas pela professora doutora Vera Lúcia Messias Fialho Capellini (Unesp Bauru).

“Já iniciamos a formação das Professoras de Educação Especial com a palestra ‘Desafios na educação de pessoas com altas habilidades ou superdotação’, com a professora doutora Angela Virgolin, realizada na Unesp. Como complemento da referida palestra, iniciaremos o mapeamento dos alunos com altas habilidades, matriculados na Rede Municipal”, conforme destacou a coordenadora de Educação Especial Priscila Blanco Fortunato de Oliveira.

As professoras de Educação Especial que atuam na Educação Infantil (creches, EMEis e EMEIFs) também iniciaram a formação sobre autismo, com foco em diagnóstico, avaliação e estratégias.

“O conceito de educação inclusiva se baseia em duas ideias principais: a de que a educação é um direito fundamental que não pode ser negado a nenhuma pessoa e a de que a educação deve valorizar as diferenças entre os indivíduos. Uma escola inclusiva é aquela que garante o acesso e a permanência de todos os alunos, sem exceção, preconceito ou discriminação. Para que isso aconteça, deve-se desenvolver ações que combatam a exclusão, fortalecendo as unidades escolares na implementação de uma política educacional que responda à diversidade humana presente, oportunizando a todos os alunos o exercício da cidadania e a inserção social à qual tem direito”, destacou a Secretária de Educação, Meiri Aparecida Galassi Montanhero.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar