Brasil

Aprovação de Lula sobe para 50% e amplia distância de desaprovação, diz Ipec


A nova pesquisa de avaliação do terceiro governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apurada pelo Ipec aponta que a aprovação começou a recuperar e já alcança 50% dos entrevistados. O levantamento foi divulgado na manhã desta quinta (11) e mostra uma leve queda da desaprovação para 44%.

Na comparação com a última pesquisa, divulgada em março, a aprovação vinha caindo e chegou a 49%, enquanto que a desaprovação era de 45%. O histórico do levantamento mostra que a avaliação negativa do governo Lula 3 era crescente desde setembro do ano passado (39%), com uma consequente queda na aprovação (56%). Veja abaixo:

A recuperação da aprovação de Lula também foi apontada pela pesquisa Quaest divulgada na quarta (10), chegando a 54% contra 43% da desaprovação.

Além da avaliação positiva, a nova pesquisa Ipec apontou também uma recuperação da confiança dos entrevistados no presidente Lula – embora, a desconfiança ainda seja maior.

Segundo o Ipec, a confiança passou de 45% em março para 46% em julho, enquanto que a desconfiança se manteve estável em 51%. Veja abaixo:

A avaliação ótima/boa do governo Lula 3 também começou a recuperar desde março, passando de 33% para 37%, enquanto que os que consideram regular e ruim/péssimo se mantiveram estáveis dentro da margem de erro, passando de 32% para 31% cada.

Assim como a aprovação e a desaprovação, a tendência negativa contra o governo vinha de uma crescente desde setembro do ano passado. Veja abaixo:

A avaliação péssima do governo Lula 3 é maior entre os que ganham mais de 5 salários mínimos (26%), enquanto que 21% a 27% dos que ganham até 1 salário mínimo consideram como ótimo/bom.

A avaliação regular do presidente é maior em todos os estratos sociais, variam de 29% a 33%.

Entre os religiosos, 31% dos evangélicos consideram a administração Lula 3 como regular e 29% como péssima. Entre os católicos, 29% de regular e 18% de péssima. A avaliação boa é de 17% entre evangélicos e 27% entre católicos.

O Ipec ouviu 2 mil pessoas em 129 municípios entre os dias 4 e 8 de julho. A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos.



Source link

Artigos relacionados

Ministro de Lula diz que empresariado não dá bons salários

O ministro Luiz Marinho, do Trabalho e Emprego, diz que a melhoria...

Sem Bolsonaro, PL confirma candidatura de Ramagem no Rio

O deputado federal Alexandre Ramagem foi confirmado nesta segunda-feira (22) como pré-candidato...

Moraes diz que empresas contribuem para “insegurança jurídica”

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes afirmou nesta...

Justiça condenado empresário que hostilizou Zanin em aeroporto

A 6ª Vara Criminal de Brasília condenou nesta segunda-feira (22) o empresário...