Brasil

CCJ adia reunião com Pimenta para explicar fake news sobre o RS


Reunião com Paulo Pimenta na CCJ é adiada
Reunião com Paulo Pimenta na CCJ é adiada. Ministro foi chamado para falar sobre perseguição a opositores por “fake news” sobre o RS.| Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Paulo Pimenta, recém nomeado ministro da Secretaria de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, não compareceu à sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (28), alegando compromissos de Estado. Ele havia sido convidado para prestar esclarecimentos sobre a investigação da Polícia Federal (PF) a respeito da disseminação do que o ministro classifica como “notícias falsas” durante a tragédia das enchentes no estado.

Diante da ausência de Pimenta e da resistência dos governistas em pautar uma convocação, a oposição no colegiado concordou com o adiamento do convite. O autor do pedido, deputado Paulo Bilynskyj (PL-SP), também aceitou o acordo. A expectativa é de que Pimenta compareça à CCJ em 11 de junho.

A oposição quer esclarecer os pedidos de investigação de Pimenta, enviados ao ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, contra pessoas que criticaram o governo durante a tragédia no RS. Um requerimento de convocação do ministro Paulo Pimenta, enquanto ele ainda estava a frente da Secretária de Comunicação, já havia sido transformado em convite em reunião realizada em 14 de maio.

Em suas redes sociais, Pimenta publicou vídeo recebendo ministros no RS.

“Com o ministro [da Integração] Waldez Góes, vim até a Base Aérea de Canoas para receber a ministra [da Saúde] Nísia Trindade e o ministro [das Cidades] Jader Filho. Hoje também teremos a presença dos ministros [de Minas e Energia] Alexandre Silveira, [da Agricultura] Carlos Fávaro, [do Desenvolvimento] Wellington Dias e [da Secretaria-Geral] Márcio Macedo em nosso estado. Em nome do presidente Lula, faremos anúncios importantes para ajudar todos os gaúchos atingidos pelas enchentes”.





Source link

Artigos relacionados

Michelle Bolsonaro diz apoiar Ricardo Nunes à reeleição

Michelle Bolsonaro manifestou apoio à reeleição de Ricardo Nunes, em São Paulo.|...

Paulo Pimenta e Gleisi negam a existência de “gabinete do ódio”

O ministro Paulo Pimenta, que atualmente comanda a Secretaria Extraordinária da Presidência...

Não sabe falar sobre vida

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), autor do Projeto de Lei (PL)...

54% reprovam segurança, gastos e programa de moradias de Lula

Pesquisa revela novos indies elevados de reprovação em setores do governo Lula.|...