Brasil

Ciro Nogueira diz esperar um novo JK após Lula e aponta para Caiado e Ratinho Jr.



O senador Ciro Nogueira (PP-PI) afirmou que espera um “grande presidente” para suceder Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2026 assim como Juscelino Kubitschek sucedeu Getúlio Vargas em 1956, e apontou para os governadores Ronaldo Caiado (União-GO) e Ratinho Jr. (PSD-PR) como potenciais para isso.

A afirmação foi feita nesta terça (14) durante
um evento do grupo empresarial Lide, em Nova York, que reuniu empresários e
políticos brasileiros. Os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira
(PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), não compareceram e enviaram
vídeos justificando a ausência.

Nogueira falava após o ex-presidente Michel Temer (MDB) dar uma declaração em que atacou a oposição – não especificamente a atual, mas “de muito tempo atrás” –, e disse que a segunda gestão de Getúlio Vargas, de 1951 a 1954, não soube dialogar com a população.

“Estamos repetindo um fato histórico do que aconteceu no passado. Comparo o que está acontecendo no Brasil com o retorno de Getúlio Vargas à presidência. Ele tinha sido um grande presidente que implementou diversas reformas no nosso país. Mas, quando voltou, voltou fora da sua época. Não conseguia mais se comunicar com a população”, afirmou comparando ao retorno de Lula à presidência em 2022 para o terceiro governo.

Pouco depois, Ciro Nogueira citou alguns nomes
presentes no evento, apontando para os governadores goiano e paranaense, que
foram aplaudidos. No entanto, Caiado e Ratinho Jr. não comentaram a afirmação
do senador.

Ciro Nogueira também criticou a diplomacia de
Lula sobre as guerras da Rússia contra a Ucrânia e de Israel contra o Hamas,
dizendo que é inadmissível que o presidente se coloque a favor do país invasor
e do grupo terrorista em vez das vítimas.

“Neste momento internacional deveríamos estar ocupando um espaço que a guerra da Ucrânia deixou. Mas nossa diplomacia tem cometido erros enormes. Ficar ao lado do invasor e não do invadido, enaltecer um grupo terrorista ao invés de Israel. Isso tem nos prejudicado no campo internacional”, completou.



Source link

Artigos relacionados

Pimenta afirma que PT foi fundamental para a eleição de Leite no RS

Paulo Pimenta procurou minimizar divergências entre o governo federal e o do...

Mesmo sem pandemia, Lula tem déficit quase tão alto quanto da Covid-19

O déficit nominal do Brasil está quase tão alto quando o do...

Ida de Tarcísio para o PL pode influenciar sucessão na presidência da Câmara

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), teria dito ao...

Proposta quer restringir investimentos estrangeiros em ONGs no Brasil

Pelo menos seis projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional querem...