Brasil

Forças Armadas auxiliaram no resgate de mais de 52 mil pessoas no RS


Forças Armadas - Exército - Rio Grande do Sul - Chuvas - RS
As Forças Armadas Brasileiras auxiliaram no resgate de mais de 52 mil pessoas no RS| Foto: Divulgação/Ministério da Defesa

As Forças Armadas Brasileiras têm atuado, junto às autoridades gaúchas, nos auxílio e resgate de vítimas dos temporais no Rio Grande do Sul. A região tem sido assolada por chuvas torrenciais que causaram enchentes e destruição em diversos municípios do estado. Com o apoio de aeronaves e embarcações, as forças têm dado apoio logístico e coordenado doações ao estado.

Já foram cerca de 10 toneladas de refeições e mantimentos e 15 mil litros de água potável distribuídos. Aproximadamente 17 mil militares, agentes e policiais foram deslocados para atuação nas regiões atingidas pelas chuvas no estado. As forças também disponibilizaram 2.600 viaturas e equipamentos de engenharia, 42 aeronaves, 243 embarcações e um navio multitarefa para auxiliar nos resgastes.

Desde o início das enchentes na região, já foram registradas 95 mortes em decorrência das chuvas, conforme informou a Defesa Civil do estado nesta terça-feira (7). Desses, quatro óbitos seguem em investigação. O órgão também informa que 131 pessoas estão desaparecidas e mais de um milhão já foram afetadas de alguma forma pelos temporais e inundações registradas no estado.

As fortes chuvas já atingiram 401 municípios, ou seja, cerca de 80% das cidades gaúchas e as tempestades ainda podem voltar a castigar o estado gaúcho, conforme os institutos de meteorologia.

Hospitais de campanha são deslocados para RS

As Forças Armadas também estão sendo deslocando para o Rio Grande do Sul, cinco hospitais de campanha para apoio à população. Um deles, localizado em Estrela, já está operando. Um segundo, instalado no município de São Leopoldo, começa o atendimento à população nesta quarta-feira (8).

Durante a madrugada, o Exército transporta via embarcação mais um hospital de campanha para o município de Eldorado do Sul. A previsão é de que a instalação seja concluída nesta quarta (8) e que ele possa começar a operar no mesmo dia.

A Força Área Brasileira e a Marinha do Brasil também estão enviando outras duas instalações para hospitais de campanha. Os locais ainda serão definidos.



Source link

Artigos relacionados

Pimenta afirma que PT foi fundamental para a eleição de Leite no RS

Paulo Pimenta procurou minimizar divergências entre o governo federal e o do...

Mesmo sem pandemia, Lula tem déficit quase tão alto quanto da Covid-19

O déficit nominal do Brasil está quase tão alto quando o do...

Ida de Tarcísio para o PL pode influenciar sucessão na presidência da Câmara

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), teria dito ao...

Proposta quer restringir investimentos estrangeiros em ONGs no Brasil

Pelo menos seis projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional querem...