Brasil

Governo quer vacinar 70 milhões contra nova variante da Covid-19


Vacina Covid-19
Nova dose da vacina é voltada à variante XBB.1.5 e já começou a ser distribuída aos estados.| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Saúde lançou uma nova campanha de vacinação contra a Covid-19 com a expectativa de imunizar 70 milhões de pessoas com doses atualizadas contra a doença. A campanha, diz o governo, foi lançada para conscientizar e alertar a população sobre a importância da vacinação.

Na primeira quinzena de maio, o ministério recebeu 9,5 milhões de doses da vacina atualizada com a variante XBB.1.5. Essas doses já estão sendo distribuídas aos estados, que têm autonomia para iniciar a aplicação imediatamente.

A nova campanha de vacinação contra a Covid-19 ocorre quase um ano depois do governo ter realizado a imunização com a dose bivalente.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina monovalente XBB já é aplicada em outros vários países. “As vacinas ofertadas pelo PNI (Programa Nacional de Imunizações) são eficazes, efetivas, seguras e passam por um rigoroso processo de controle de qualidade antes de chegarem aos braços da população”, diz a pasta em nota.

O órgão também ressalta que as vacinas disponíveis nos postos de vacinação continuam efetivas contra as variantes em circulação no país. “O esquema vacinal completo, incluindo as doses de reforço, quando recomendado, é essencial para evitar formas graves e óbitos pela doença”, completa.

O esquema vacinal recomendado para 2024, aponta o governo, foi revisado e aprovado pela Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI), com base nas recomendações atuais da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A partir de janeiro deste ano, a recomendação é para vacinar crianças de 6 meses a menores de 5 anos, dose anual ou semestral para grupos prioritários com cinco anos de idade ou mais, pessoas com 60 anos ou mais, imunocomprometidas, entre outras.



Source link

Artigos relacionados

Michelle Bolsonaro diz apoiar Ricardo Nunes à reeleição

Michelle Bolsonaro manifestou apoio à reeleição de Ricardo Nunes, em São Paulo.|...

Paulo Pimenta e Gleisi negam a existência de “gabinete do ódio”

O ministro Paulo Pimenta, que atualmente comanda a Secretaria Extraordinária da Presidência...

Não sabe falar sobre vida

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), autor do Projeto de Lei (PL)...

54% reprovam segurança, gastos e programa de moradias de Lula

Pesquisa revela novos indies elevados de reprovação em setores do governo Lula.|...