Brasil

Na Bolívia, Lula diz que tentativa de golpe no país é “imperdoável”


Na Bolívia, Lula diz que tentativa de golpe no país é “imperdoável”
Lula desembarcou em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, na noite desta segunda-feira (8).| Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que a tentativa de golpe militar fracassada na Bolívia é “imperdoável”. Lula desembarcou em Santa Cruz de La Sierra, no país vizinho, na noite desta segunda-feira (8).

“É imperdoável a tentativa de golpe [na Bolívia]. Graças a Deus o povo boliviano garantiu a democracia e acho que a solidariedade internacional foi muito importante”, afirmou o chefe do Executivo a jornalistas.

Lula terá duas reuniões com o presidente boliviano, Luis Arce, nesta terça-feira (9). No dia 26 de junho, o então comandante do Exército da Bolívia Juan José Zúñiga conduziu a tentativa de golpe, mas acabou preso.

Lula disse que é “inimaginável” alguém acreditar que um golpe militar seria a solução para os problemas do país. O petista disse ainda que pretende analisar como está a “divergência” entre Arce e o ex-presidente Evo Morales (2006-2019).

Apesar de serem correligionários no partido MAS (Movimento ao Socialismo), os dois políticos bolivianos se tornaram adversários. No mês passado, Evo disse que a rebelião militar para tomar o palácio presidencial foi um “autogolpe” para beneficiar a imagem de Arce.

“Amanhã, vou inteirar da situação política na Bolívia, como está a divergência entre Evo [e Arce], quem são os candidatos de oposição. Naquilo que a gente puder ajudar para construir uma unidade e fortalecer a democracia, acho que esse é o papel do Brasil”, disse Lula.

O presidente brasileiro também comentou sobre a situação econômica do país vizinho. “Às vezes eu fico triste porque faz 15 anos que eu não venho aqui e imaginei que as coisas tivessem evoluído, que o Brasil tivesse cuidado melhor de seus parceiros”, disse.

“Acredito na integração, acredito que não há saída individual para nenhum país da América do Sul… Acho que a Bolívia de hoje está em uma situação mais difícil do que 10 anos atrás”, afirmou Lula.



Source link

Artigos relacionados

Ministro de Lula diz que empresariado não dá bons salários

O ministro Luiz Marinho, do Trabalho e Emprego, diz que a melhoria...

Sem Bolsonaro, PL confirma candidatura de Ramagem no Rio

O deputado federal Alexandre Ramagem foi confirmado nesta segunda-feira (22) como pré-candidato...

Moraes diz que empresas contribuem para “insegurança jurídica”

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes afirmou nesta...

Justiça condenado empresário que hostilizou Zanin em aeroporto

A 6ª Vara Criminal de Brasília condenou nesta segunda-feira (22) o empresário...