Brasil

Padilha defende manutenção do veto de Lula ao PL das “saidinhas”


Ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, buscará apoio de parlamentares indecisos sobre o veto.
Ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, buscará apoio de parlamentares indecisos sobre o veto.| Foto: Gil Ferreira/Ascom-SRI

O ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, comemorou o adiamento da análise do veto do presidente Lula ao PL das “saidinhas” na sessão do Congresso Nacional, nesta quinta-feira (9), e defendeu que o veto seja mantido.

Segundo Padilha, ainda não há unanimidade sobre a derrubada do veto entre os parlamentare e por isso, ele pretende intensificar as conversas com todas as bancadas, acompanhado do ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, nos próximos dias, antes da próxima sessão do Congresso marcada para o dia 28 de maio.

“O fato de ter sido adiado [o veto] foi importante para que tenhamos mais tempo para dialogar com as bancadas. Tanto eu quanto o ministro da Justiça temos conversado com várias e faremos até o dia 28 uma agenda de conversas”, disse.

Padilha disse que pretende explicar aos deputados e senadores que os presos com o benefício vão usar tornozeleiras e serão monitorados com restrição de perímetro durante as visitas. “Temos conquistado votos e manifestações favoráveis a esse veto”, acrescentou.

O ministro também agradeceu o acordo firmado pelos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), com os líderes partidários. O adiamento foi combinado junto à oposição.

O veto de Lula ao projeto que acabava com as saídas temporárias de presos em datas comemorativas, manteve as “saidinhas” para presos em regime semiaberto visitarem familiares.

Para que o veto presidencial seja derrubado pelo Congresso é necessário a maioria absoluta de deputados federais e senadores, ou seja, 257 votos na Câmara e 41 no Senado.



Source link

Artigos relacionados

Pimenta afirma que PT foi fundamental para a eleição de Leite no RS

Paulo Pimenta procurou minimizar divergências entre o governo federal e o do...

Mesmo sem pandemia, Lula tem déficit quase tão alto quanto da Covid-19

O déficit nominal do Brasil está quase tão alto quando o do...

Ida de Tarcísio para o PL pode influenciar sucessão na presidência da Câmara

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), teria dito ao...

Proposta quer restringir investimentos estrangeiros em ONGs no Brasil

Pelo menos seis projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional querem...