Brasil

Rodrigo Valadares será relator do PL da Anistia na Câmara



O deputado Rodrigo Valadares (União-SE) será o relator do chamado PL da Anistia. A proposta concede anistia aos presos do 8 de janeiro de 2023. O anúncio foi feito pela presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), deputada Caroline De Toni (PL-SC), nesta quarta-feira (5).

O relator será responsável por analisar as sete propostas relacionadas ao tema que tramitam na Câmara dos Deputados. A proposta mais antiga (PL 2858/2022) é de autoria do ex-deputado Major Vitor Hugo (PL-GO) e prevê anistia para quem tenha participado das manifestações ocorridas em 30 de outubro de 2022, após o anúncio do resultado da eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

As demais propostas abrangem também a anistia para os financiadores das manifestações que ocorreram à época e no 8 de janeiro, além de promoverem alterações no Código Penal. Confira a lista dos projetos que serão analisados pelo relator.

  • PL 2954/2022 – Concede anistia a todos aqueles que, no período entre 1º de junho de 2022 até a data de entrada em vigor desta lei, realizaram manifestações relacionadas às eleições de 2022.
  • PL 3312/2023 – Concede anistia a todos aqueles que, no período das eleições de 2022, praticaram atos que sejam investigados ou processados sob a forma de crimes de natureza política e eleitoral.
  • PL 5643/2023 – Concede anistia aos acusados dos atos de 8 de janeiro e altera os artigos 359-L e 359-M do Código Penal. Esses artigos tratam da tentativa de “abolir o Estado Democrático de Direito”, bem como “depor, por meio de violência ou grave ameaça, o governo legitimamente constituído”. A pena é de quatro a oito anos de reclusão.
  • PL 5793/2023 – Concede anistia aos acusados e condenados pelos atos de 8 de janeiro e altera os artigos 359-L e 359-M do Código Penal.
  • PL 2162/2023 – Concede anistia aos participantes das manifestações reivindicatórias de motivação política ocorridas entre o dia 30 de outubro de 2022 e o dia de entrada em vigor desta lei.
  • PL 1216/2024 – Anistia multas aos investigados pelos atos ocorridos no dia 8 de janeiro de 2023.

Como a CCJ analisará não só a constitucionalidade, mas também o mérito da proposta, Valadares poderá incluir no texto a anistia ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), declarado inelegível por uma reunião que teve em julho de 2022 com embaixadores onde foi tratada a confiabilidade das urnas eletrônicas.

No ano passado, a proposta chegou a receber parecer pela rejeição enquanto estava sob a relatoria da deputada Samia Bomfim (Psol-SP), indicada pelo ex-presidente da CCJ Rui Falcão (PT-SP). No entanto, Samia perdeu a relatoria da matéria por ter deixado de fazer parte da comissão no final de 2023.

Quem é Rodrigo Valadares? 

Deputado de primeiro mandato, Rodrigo Valadares é vice-líder da minoria. Ele foi membro da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos atos de 8 de janeiro e criticou o relatório final apresentado pela maioria governista da CPMI.

“Ridículo e criminoso são palavras que definem esse relatório. Um show de horrores, em que questionamos se foi escrito lá no Ministério da Justiça, comandado por Dino”, disse o parlamentar na época.

Recentemente, o sergipano também fez parte do grupo de deputados que foi à Argentina para denunciar a censura que vem ocorrendo no Brasil e os excessos cometidos contra os presos do 8 de janeiro. 

Ele é autor do pedido de impeachment contra o ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida, que, segundo a acusação, teria praticado “crime de responsabilidade” por pagar as despesas da viagem de Luciana Alves, conhecida como a “dama do tráfico”.



Source link

Artigos relacionados

Michelle Bolsonaro diz apoiar Ricardo Nunes à reeleição

Michelle Bolsonaro manifestou apoio à reeleição de Ricardo Nunes, em São Paulo.|...

Paulo Pimenta e Gleisi negam a existência de “gabinete do ódio”

O ministro Paulo Pimenta, que atualmente comanda a Secretaria Extraordinária da Presidência...

Não sabe falar sobre vida

O deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), autor do Projeto de Lei (PL)...

54% reprovam segurança, gastos e programa de moradias de Lula

Pesquisa revela novos indies elevados de reprovação em setores do governo Lula.|...